História do Projeto

 

Com relação a nomenclatura " Sacerdotes Messianicos", por que  ? A bíblia fala sobre o sacerdócio de todos os crentes. Esta é uma verdade tremenda que o Senhor restaurou com a reforma protestante.  Embora o Eterno chame pessoas especificas para  determindas funções eclesiasticas, como por ex:Pastores, Evangelistas, Mestres e outros cargos ministeriais. Todos os messianicos ( nazarenos ou crentes ) sem exceção são constituidos sacerdotes do Altíssimo, como sacrificío santo e agradavél a D'us. A visão que o Senhor tem posto no meu coração é a importância de despertar nos irmãos a sua responsabilidade perante D'us, de executar seu sacerdocío, em favor das almas perdidas, como a favor de toda a igreja. Doutrina esta que tem sido esquecida pela maioria dos evangelicos. O Projeto Sacerdotes Messianicos , é um ministerio que nasce, não do desejo do Homem, das visões da mente humana. Mas do coração do proprio Adonai, o peso que o MASHIACH YAHUSHUA , tem posto em meu espirito, esta visão profética, que tem guiado e orientado meus pensamentos, esta obra é do Senhor. Louvado seja D'us, por este privilégio em poder gerar no útero da oração os fundamentos desta obra.

 

 


Nossos Usuários

A graça de D'us  esteja com todos os amigos e irmãos em Yehushua , uma das metas deste website , é dar o devido valor e lugar  , que as Escrituras Sagradas merecem .Como Pastor e Teólogo , tenho observado em algumas denominações , a falta de compromisso com as Escrituras ; Nestas igrejas co-irmãs que tive o prazer de ministrar , notei a falta de interesse pelo estudo sistematico da Palavra de D'us, estes irmãos estão preocupados apenas com movimentos , com prosperidade , em receber bens materias , estão indo atrás de supostos profetas, com revelações secretas , ensinos contrario a sã doutrina , como por exemplo , certa denominação aqui , em Jaboticabal, em que o pastor prega , que devemos falar pra Deus , que embora Ele prometeu algo , e não cumpriu , contudo eu(ser humano pecador) perdoo D'us  por ter mentido para mim .

 Outro ensino absurdo é que este pastor ensina , que ele como profeta , e representante de D'us , pôde e tem o direito  legal , dado por YAHUSHUA de possuir varias amantes , como no antigo testamento .Ao contemplar este triste quadro , começo a entender , o  por que da atual situação de algumas igrejas , a onde predomina a falta de santidade , de reverencia a Palavra Santa de D'us .

 Por este motivo peço para os amados , estudarem as Escrituras Sagradas, e se algum dos usuários deste website , tiverem alguma duvida em relação as verdades bíblicas , teremos o prazer em esclarecer , dentro do possivel , uma vez que ninguém sabe tudo , todos estamos aprendendo na escola de D'us .


 Assunto : Os inimigos do Lar  

Por ser tratar de uma instituição divina , a familia tem sido o alvo constante de Satanás , desde a sua fundação no Éden. No mundo atual , na nossa sociedade do século vinte e um , esses ataques tem sido extremamente violentos ,a ponto de produzir , até nos educadores hodiernos , uma aversão à constituição familiar estabelecida por D'us.

Psicólogos de renome internacional , estão adotando uma nova perpectiva  em relação a instituição do casamento , têm emitido prognosticos alarmantes para um futuro proximo , para não dizer atual ; Na verdade , segundo essa ótica doutrinaria , a tendencia para fazer desaparecer a tradição do casamento , já esta em andamento , desde o século passado.

  Não é surpreendente?

 Sem duvida alguma , mas os  casamentos não  estão apenas se desfazendo ao nosso redor ; a propria necessidade e conveniencia da tradição familiar , estão sendo seriamente questionadas .Será que o casamento , como base de uma vida familiar sadia esta para desaparecer, depois de tantas gerações e séculos de existências?

 Será o lar e a vida familiar , igualmente eliminados da sociedade humana ?

 O arqui-inimigo de nossas almas , sabe que a familia é o fundamento que sustenta e preserva a sociedade da degradação moral e espiritual. Como o sal preserva o sabor , e os nutrientes dos alimentos ; Destrua a familia e acabara com a sociedade , trazendo anarquia, libertinagem , todos os tipos de pecados , vícios que  destroem e separa o homem de seu Criador .

 


A natureza do Eterno, o echad

No decorrer da historia eclesiastica, muito se tem discutido sobre a questão da  natureza de D'us, e a posição de Yeshua e do Ruach HaKodesh em relação a divindade ( elohut ) do Pai , e sua unicidade. Uma vez que a própria Escritura Sagrada afirma de forma categorica que o Eterno é um ( echad ) o famoso Shéma Ysrael """ Ouve , Ysrael, o Senhor , nosso Elohim, é o único Senhor"""" ( Dt 6 : 4 ) Existindo entre teologos e leigos de varias denominações do cristianismo, tanto  das facções catolica romana , como dos movimentos surgido da reforma protestante, entre eles o pentecostalismo. A maioria deles são adeptos da ortodoxia trinitariana, doutrina esta que surgiu e foi confirmada nos concilios eclesiasticos , promovido por Constantino, após se tornar o unico monarca ou imperador de todo o imperio romano, seu principal motivo era a unificação de todo o imperio, então era de suma importancia que a igreja cristã fosse uma só entidade religiosa.

A partir deste concílio , muitos outros foram feitos para confirmar as doutrinas cristã, contudo fica uma questão de elevada importancia, é que nestas reuniões eclesiasticas, ficaram de fora , de modo proposital , os irmãos da comunidade de Yehushalaym , os judeus messianicos ou também chamados de nazareno, e as outras igrejas gentilicas do oriente que não tinham a mesma visão doutrinaria da igreja ocidental, foram excomungados e chamados de hereges, nestes concílios, e passaram a ser perseguidos pela igreja do ocidente.

Outro fato historico, que os defensores da trindade não falam é que neste concilio de Niceia, o imperador Constantino ameaçou de morte, confisco  das propriedades, tortura todo aquele que fosse contra o dogma da trindade; muitos por medo ou por ganancia aderiram, se submetendo aos caprichos de Constantino, até hoje as igrejas cristã tanto a facção catolica e a evangelica, estão debaixo das ordens de Constantino. Fato inegavel , se atreva a questional o dogma da trindade, vocè será chamado de herege, falso profeta, pastor do diabo e outros termos perjurativos,dando inicio a uma inquizição moral , fazendo como o corrupto governo petista faz, dizendo estou descontruindo a imagem, isto chama-se calunia, os crentes são perito ,infelismente nesta artimanha.

Entretanto aos olhos do Senhor Yeshua, só existe um unico concílio valido , que foi o de Yehushalaym , registrado no livro de Atos dos Apostolos, todos os outros foram promovidos por homens para fortalecer seu ponto de vista , que alias estavam baseados na filosofia grega romana, tanto que a palavra trindade não existe na Bíblia,  Tertuliano, o bispo pentecostal de Cartago ( 160 d.e.c - 230 d.e.c ) foi o primeiro erudito a empregar o termo trindade, em outras palavras , foi uma invenção. 

A doutrina da trindade passou por varios refinamentos , como o credo de Atanasio até chegar ao ponto de ser uma questão salvifica, uma necessidade teológica - filosófica para a salvação da alma. Estabelecendo este dogma como um fundamento para herdar a vida eterna, coisa que nas Escrituras Sagradas não está registrado, embora tentam dizer o contrario , chegando ao ponto de distorcer , mudar o sentido original , etimologicos das palavras em hebraico, aramaico e grego koine-judaico. Este estudo é profundo demais , teriamos que analizar todo o contexto em que ocorreu estes concílios, mas não é para agora, não faz parte deste estudo, apenas dei um pequeno resumo, para termos um panorama geral .

Incentivo aos queridos leitores desta apologia , a pesquisarem com diligência e se informarem a este respeito, livres de preconceitos e ideias pré - estabelecidas pelos fundadores de suas denominações ou facçôes religiosas. Por mais que eles sejam homens ou mulheres de D'us, eles eram humanos e faliveis em seus conceitos teologicos, não eram deuses, como alguns acabam idolatrandos os seus fundadores.

Após esta sucinta  introdução , continuaremos ao assunto em pauta, com relação a elohut do Pai , de Yeshua e o Espirito Santo. Até entre os movimentos judaicos, aqueles que reconheceram Yeshua como o verdadeiro Mashiach, existem varias concepções filosoficas, distintas acerca desta questão, podemos classificar em cinco corrente doutrinarias, que são os pensamentos de homens e mulheres temente ao Eterno. Contudo estes amados irmãos divergem entre si com respeito a esta questão teologica .

O que não podemos esquecer é que nossa salvação não depende de crermos ou não por exemplo na ideologia da trindade. As Escrituras Sagradas , principalmente a Brit Hadasha, que significa renovação da aliança e não novo testamento, com foi decidido por influência do Presbitero Marcion , a partir do seculo quarto depois da era comum, jamais ensinou que era essencial crer no dogma da trindade , ou de outra idéia filosofica para ser salvo.

Tendo esta verdade em mente , vamos ver e estudar sobre este tema , que tem gerado muito conflitos , no seio evangelico tradicional ou pentecostal.

Como eu gosto de dizer em minhas preleções, que possamos seguir o conselho de John Wesley : " No essencial , unidade, no não essencial , liberdade de opinião, e em tudo amor e respeito a todas as crenças"

@ primeira corrente teologica - filosofica : Yeshua foi tão somente um Profeta, um homem especial e grande professor de moral e etica, não podendo atribuir - lhe divindade ou elohut do Eterno. Que Ele foi um mestre, que honrou a torah de Moíses, guardou as festas bíblicas , pertencia a corrente , ou facção farisaica. E morreu numa cruz, como muitos outros judeus  , morreram naquela epoca, enfim era um homem normal e comum.

@ segunda corrente teologica - filosofica : Yehushua foi o primeiro ser criado pelo Eterno, que lhe concedeu grande autoridade perante os homens, conferindo - lhe o papel de revelar Hashem á humanidade. Yeshua foi gerado com substância divina e é o representante oficial de Elohim junto aos homens.Yeshua recebeu o conceito da representividade.

Por ser filho do Eterno , Yehushua deve obediencia ao Pai , a luz deste pensamento , o Mashiach é inferior ao Eterno Yehua ( YHWH ) mas superior aos anjos e aos homens. Os judeus da unicidade , ensinam também que Yeshua foi o primeiro homem a ser criado por D'us, e recebe o nome de Adan Kadmon, o primeiro a receber a essencia divina do Pai.

Além do judaismo da unicidade , também algumas facções do judaismo messianico, as testemunhas de Jeová, e a igreja do poder de D'us do apostolo Valdomiro crêe nesta visão, ele prega que Yeshua foi a primeira criação, enquanto D'us é eterno , Yeshua è sempi eterno.

@ terceira corrente teologica - filosofica : a doutrina da trindade vislumbra D'us como sendo composto de três individuos divinos em unidade essencial e eterna. Existe um Eterno, porém esta unidade é constituida de três pessoas , com personalidades diferentes entre si ( o Pai, o Filho e o Espirito Santo )

Algumas denominações, não usam mais o termo trindade, uma vez que não existe esta palavra na Bíblia, e por trazer em si mesma a ideia de três deuses.Então substituiram pela expresão tri - unidade, porém o conceito doutrinario continua o mesmo. Coma já relatei no inicio as igrejas evangelicas tradicionais e pentecostais, e catolicas defendem a trindade.

@ quarta corrente teologica - filosofica : a visão de que o Pai, o Filho são as mesmas pessoas, não existe divisão , apenas D'us se fez homem e habitou na Terra que Ele criará. Com relação ao Espirito Santo, não passa de uma influencia ou poder derivado do Pai.

As igrejas que surgiram a partir de uma divisão das Assembleias de D'us ,quando alguns irmãos começaram a ensinar a se batizar somente no nome de Yeshua, Estes irmãos são adeptos deste conceito, e receberam o nome de unicistas, fundando as Assembleias de D'us da Unicidade.Esta divisão ocorreu entre os anos de 1913 à 1916, quando as Assembleias de D'us excluiram estes irmãos chamando - os de hereges, apostatas da ortodoxia trinariana.

@ quinta corrente teologica - filosofica : estes irmãos crêem que o Eterno de Ysrael é um ( echad ). D'us se revela de muitas maneiras aos homens, principalmente se manifesta por meio da sua K'numeh ( essências , naturezas ) do Pai, do Filho e do Ruach HaKodesh.

O Pai é o Eterno, Yehushua é o Eterno, o Ruach HaKodesh é o Eterno.

OBSERVAÇÃO: Ruach HaKodesh é o Espirito Santo, embora a tradução correta é Espirito o Santo ou Espirito do Santo.

O Eterno é um e possui três distintas K'numeh ( essências, naturezas ). Este conceito teologico se distingue do dogma da trindade, ou da tri - unidade porque não crê em três pessoas , com três personalidades diferentes uma da outra, mas tão somente em um único Eterno que se revela por meio de três distintas manifestações da sua K'numeh.

Também esta concepção ideologica , não se confunde com a quarta corrente , visto que esta  última acha que o Pai, o Filho e o Espirito Santo são iguais , inexistindo diferença quanto a essência , natureza do Eterno.

Existem muitas outras teorias, teologicas - filosoficas a este respeito , meu objetivo não é esgotar o assunto em pauta, mas apenas de apresentar um panorama geral do embate doutrinario, fruto do afastamento da igreja gentilica de Yehushalaym ( Jerusalém ), e o abandono proposital do contexto judaico em que viveu Yeshua e seus discipulos, por volta dos seculos primeiro e segundo depois da era comum.

OBSERVAÇÃO DE SUMA IMPORTANCIA : A partir deste momento irei basear, meus estudos , minhas pesquizas a respeito da K'numeh do Eterno na apostila redigida pelo amado irmão Tsadok Ben Derech, uma das melhores literatura sobre o assunto, e devemos dar honra a quem merece honra.Contudo com algumas observações pessoais, sem mudar muito a essencia da apostila original.

Este assunto tem gerado muitos conflitos no meio cristão - evangelico, gerando uma inquisição disfarçada , chamando de herege, falso profeta, apostata, e outros termos pejorativos , aqueles irmãos que se atreve a questionar o dogma da trindade, o estato atual do poder da liderança eclesiastica. Quantas denominações que poderiam estar trabalhando juntas, para a evangelização de nosso país, entre as trevas do partido do PT, estão divididos, separados por causa de seu orgulho e soberba denominacional, achando que sua opinião, sua doutrina é a única certa e bíblica, se auto denominam - se os apologistas, os defensores da ortodoxia cristã, quanta arrogância, quem disse que o Eterno os chamou para este proposito, isto não passa de insolência humana.

Como já relatei no preludio desta materia , não é essencial a crença na ideologia trinitariana para a salvação das almas, em nenhuma passagem das Escrituras Sagradas dizem isto, isto é uma esseigese e não uma exegese. Não é uma doutrina fundamental, que possamos entender esta verdade inquestionavel , e respeitar as outras opiniões , e pregarmos o evangelho , as boas novas de Yehushua HaMashiach.

Pessoas estão morrendo sem a salvação, e as igrejas, seus membros, sua liderança estão preocupados em manter sua posição social. seu estatos , com assuntos sem importancia salvifica. Irmãos vamos deixar de lado toda infantilidade, imaturidade e crescermos no conhecimento do Senhor.

Retornando ao tema central, antes da minha Teshuva ou arrependimento, ou conversão , eu cria que D'us, Yeshua e o Espirito Santo fossem uma unica entidade espiritual, sem distinção entre Eles, após a conversão começei a crer no conceito doutrinario da trindade, mas por este termo trazer em si a ideia de três deuses,ou seja o poletiismo, comecei a usar o termo tri - unidade . Contudo sejamos honestos, não muda nada , mesmo usando a expressão tri - unidade , ainda assim trás a ideia central de três deuses.

Como entender esta doutrina, gual era a visão teologica, da congregação do Eterno ou igreja, composta por judeus messianicos e gentios messianicos ? ( também chamdos de nazarenos )

O que os apostolos criam e ensinavam para a comunidade dos irmãos?

Ao fazermos um estudo sistematico, livres de preconceitos dogmaticos, ideias pré - estabelecidas do meio cristão - evangelicos, doutrina estas baseadas nos concilios promovido pela igreja catolica , que até hoje influencia toda a cristandade, até as crenças das igrejas evangelicas. Encentivo os irmãos a fazerem um estudo profundo sobre este tema, o gual verão que não estou mentindo, a verdade está ai para quem tiver coragem para descobrir, então se cumprirá a palavra de Yeshua : Conhecereis  a verdade e ela vos libertará, da ignorancia espiritual e inteletual.

A um proverbio popular que diz : Pior cego, aquele que enxerga e não quer vê, que este não seja o nosso caso, esta  desculpa esfarrapada não servirá de indulgência, de escusa perante o trono branco, no dia do julgamento final, quando todos sem  exceção irão comparecer perante o Eterno.

A luz das Escrituras Sagradas , podemos ver que o Eterno D'us é um , e não três individuos . Que o Eterno é um manifestando - se por meio de três essências , naturezas divinas; O Pai , o Filho, e o Espirito Santo, ou seja, os discipulos originais de Yeshua, como todas as comunidades fundadas pelos apostolos, criam na quinta corrente teologica - filosofica , acima apresentada.

Agora muitos possam estar indagando, Como você pode afirmar isto ?

A resposta é simples, tal fato é comprovado pelo estudo de certos documentos e dados historicos que são oitos aspectos, o gual iremos citar : Estes fatos historicos encontram - se registrados na apostila do irmão Tsadok Ben Derech.

1- Pelo Tanach que os cristão chamam erradamente de Antigo ( Velho ) Testamento.

2- Pela Brit Chadashá, ou Ketuvim Netzarim que é o Novo Testamento cristão ( obs: tanto a palavra em hebraico como no gregro koine - judaico, e o aramaico, literalmente significa Renovação da Aliança e não Nova ),que foi escrito em aramaico-hebraico , que era o idioma falado pelo Senhor Yeshua e a igreja do primeiro e segundo seculo depois da era comum.

3- Por provas historicas.

4- Pelos Targumim.

5- Pelo Talmud.

6- Pelas obras da cabala judaica, que revelam o pano de fundo historico e religioso daqueles irmãos.

7- Pelo relatos de antigos rabinos e sabios do povo de Ysrael, tanto ortodoxicos como messianicos ou nazarenos em Yehushua.

8- A relevância historicas dos manuscritos semitas, com relação a descoberta dos pergaminhos do mar morto, em Quram, este documentos nos ensinam muito sobre a crença daquele periodo, e sua influencia na comunidade judaica.

Não me preocuparei em seguir esta ordem, irei analisar os fatos sem me precupar em ficar preso a esta sequência supra. Antes de continuar farei um breve comentario, sobre as questão de usar literatura extra bíblica, todos estes livros são documentos historicos de suma importancia , para se entender o contexto politico, social e religioso em que se viviam aquela geração , e sua contribuição para formação da igreja ou congregação do Eterno.

Sem esse conhecimento previo , jamais poderemos interpretar as Escrituras Sagradas, o maior erro da cristandade catolica e evangelica-protestante, foi o de excluir todo o contexto judaico , principalmento do Novo Testamento, este é o motivo de existir tantas facções entre os cristãos. O retorno ao contexto original em que foi redigido as cartas dos apostolos, aos principios judaicos , que viviam aqueles irmãos , e o  próprio Senhor Yehoshua, que nunca contradise ou anulou a Torah de Moisés, ao contrario Ele confirmou e levou à um nivel muito maior , trazendo qualidade de vida para toda a raça humana. É essencial para a restauração bíblica da igreja gentilica.

A primeira questão a ser considerada por todos os estudantes das Escrituras Sagradas é a indagação : Qual idioma patrio Yeshua e seus Talmidim ( discipolos ) falavam ?

Qual o vérnaculo usado no primeiro e segundo seculo depois da era comum ?

É de crucial importância sabermos isto para conhecermos a verdade, sem a interferência dos dogmas , baseados nos usos e costumes doutrinario das denominações e a intervenção de seus fundadores.Por mais que devemos honrar e respeitar, eles possuiam um conhecimento parcial, fruto do periodo em que viveram , isto não pode nos impedir de crescermos no conhecimento das Escrituras em seu sentido original e judaico.

Antes de continuarmos, irei neste interim transcrever uma palavra do irmão Giliardi Rodrigues, que achei oportuno, uma vez que fala sobre este assunto do dogma da trindade, que os amados irmãos e leitores possam tirar suas proprias conclusões , logicamente após uma profunda investigação .Vejamos então esta inciclita.

DESMENTINDO A TRINDADE e REVELANDO A VERDADE.
 
Por Giliardi Rodrigues
 
 
Tertuliano "criou" Atanásio "defendeu" e Constantino "oficializou".
 
 
Em nenhum lugar da bíblia podemos encontrar a palavra “Trindade”. Embora a doutrina da trindade sendo uma das vértebras do cristianismo, ela não é bíblica, pois foi criada em um período pós-bíblico. Mas exatamente constitucionalizada como dogma da igreja católica no concilio de Niceia no ano 325 da era cristã.
 
O desconhecimento histórico sobre a origem do dogma da trindade faz com que seus devotos aceitem a doutrina como verdadeira. No entanto uma pesquisa pode levar a pessoa a questionar e verificar a autenticidade daquilo que lhe é posto como verdade.
 
Tertuliano foi o primeiro autor cristão a produzir uma obra literária. Ele também foi primeiro teólogo a criar e a citar o termo “Trindade”. Logo esse vocábulo passou a fazer parte da linguagem da teologia cristã. Segundo Tertuliano, Pai, Filho e Espírito Santo são um só Deus subdividido em três pessoas. Distintos apenas em manifestação, grau e forma.
 
Por volta do quarto século Atanásio de Alexandria argumenta sobre os textos de Tertuliano que o Pai, Jesus e o Espírito Santo eram as mesmas pessoas.  Em oposição, o presbítero Ário assegurava que Yeshua foi gerado do Pai e que ao mesmo tempo estava subordinado ao Pai, pois Yeshua mesmo disse que ele e o Pai eram um no sentido de unidade, Yeshua também disse que o Pai era maior do que ele e que o filho não fazia nada se não fosse da vontade do Pai.
 
No ano 325 d.e.c após um imperador pagão idolatra chamado Flavius Valerius Constantinu se simpatizar com cristianismo essa questão entrou em profundo debate. Era o dogma de Tertuliano sendo defendido por Atanásio contra a defesa  de Ário. No entanto o imperador Constantino se declinou para o lado da tese de Atanásio, rejeitando assim os conceitos expressos por Ário,  foram descartados e declarados como heresia.
 
O Imperador manipulou, pressionou e chantageou todos os bispos participantes do concilio para garantir que votariam no que ele acreditava e não no consenso a que os bispos chegassem. Os dois bispos que votaram a favor de Ários foram exilados e os escritos de Ários foram destruídos. Constantino decretou que qualquer um que fosse apanhado com documentos arianistas estaria sujeito à pena de morte. Assim, as decisões do concilio de Nicéia foram fruto de uma minoria.
 
Dos 318 bispos presentes a maioria foi ameaçada por Constantino, tornando assim a votação acerca do debate tendenciosa. Não somente a questão da trindade, mas também tudo o que fosse do interesse de Constantino era aprovado com facilidade. Deste modo o imperador Constantino foi um dos principais responsáveis por implementar e oficializar o dogma da trindade ao cristianismo.
 
Ao poucos a religião romana foi tomando grandes proporções, e em contra partida o imperador disse que quem cooperasse com ele; em troca, ajudaria destruir todas as outras seitas, tornando assim o cristianismo católico a única religião verdadeira.
 
Conclusão.
 
A doutrina da trindade não é bíblica. Foi introduzida forçadamente e manipulada por Constantino no concilio de Niceia. Quase 1300 anos surgi Lutero em oposição a algumas praticas do catolicismo romano, mas aceita o dogma da trindade como legitimo. Deste modo todos os movimentos cristãos protestantes, reformados e renovados aceitam a doutrina da trindade como verdadeira.
 
Muitas pessoas usam até a bíblia para defender o dogma da trindade sem conhecer o contexto histórico e o pano de fundo que fica por trás deste engano. Tais pessoas demonstram desta forma ignorância histórica e desconhecimento acerca dos registros eclesiásticos.Retornando a questão do idioma.
 
 

Demonstram as Escrituras que Yeshua falava hebraico e aramaico: “E, caindo todos nós por terra, ouvi uma voz que me falava em língua hebraica: Sha’ul [Saulo], Sha’ul [Saulo], por que me persegues? Dura coisa é recalcitrares contra os aguilhões.” (Ma’assei Sh’lichim/Atos 26:14). “E, tomando a mão da menina, disse-lhe: Talita kumi; que, traduzido [do aramaico], é: Menina, a ti te digo, levanta-te.” (Yochanan Marcus/Marcos 5:41). “Yeshua gritou: Eli, Eli! L’mana sh’vaktani? [aramaico] (Meu Elohim, Meu Elohim! Por que me abandonaste?)” (Matityahu 27:46). Testifica o historiador Geza Vermes que tais línguas eram as nativas de Yeshua: “Era judaica a civilização a que pertencia Yeshua, bem como daqueles que o ouviram e seguiram; sua proveniência e sua província eram a Palestina-Galiléia, sua língua era o aramaico - hebraico.” (Jesus e o Mundo do Judaísmo, edições Loyola).

Vale registrar que o hebraico e o aramaico são idiomas semíticos e com radicais de palavras bastante próximos, tal como, mutatis mutandis, o português e o espanhol. Aproximadamente 70% das palavras em aramaico são reconhecidas pelas pessoas fluentes em hebraico. Assim, era normal que Yeshua dominasse ambos os vernáculos. Para muitos historiadores, o aramaico era a língua corrente e mais falada em Israel durante o primeiro século, sendo o idioma semítico do comércio, usado principalmente pelos segmentos mais pobres da sociedade. Por outro lado, a sabedoria rabínica era veiculada através do hebraico. Neste sentido, cita-se o historiador David Flusser: “O Pentateuco foi traduzido para o aramaico para o benefício da classe mais baixa da população de Israel. As parábolas da literatura rabínica, por outro lado, foram todas escritas e ensinadas em hebraico em todos os períodos da história judaica. Assim, não há base para assumir que Yeshua não falasse hebraico; e, quando somos informados em At 21:40 que Paulo falava hebraico, devemos valorizar mais este tipo de informação.” (Jewish Sources in Early Christianity, 1989). Acerca do aramaico, escreveu Rudolf Bultmann: “... Yeshua e o grupo cristão mais antigo viveram na Palestina e falaram aramaico.” (Jesus and the Word, pg. 17). O especialista Hugh J. Schonfield escreveu que existem fortes indícios de que os textos da B’rit Chadashá (“Novo Testamento”) foram escritos originalmente em hebraico ou aramaico: “Quando nos voltamos para o Novo Testamento, encontramos que há razões para suspeitar de que há um original em hebraico ou aramaico dos Evangelhos de Mateus, Marcos, João e para o Apocalipse.” (An Old Hebrew Text of St. Matthew's Gospel; 1927; p. vii). Para Charles Cutler Torrey (1863-1956), o pioneiro no estudo das relações entre os textos em aramaico e em grego da B’rit Chadashá (“Novo Testamento”), os quatro evangelhos foram escritos no aramaico, por ser a principal língua de Israel no primeiro século.

.

“O conteúdo dos quatro evangelhos é totalmente palestino [semítico], e a língua em que foram originalmente escritos é o aramaico, a principal língua daquela terra...” (Our Translated Gospels; 1936 p. ix).  Dando continuidade às pesquisas de Charles Cutler Torrey, Frank Zimmerman escreveu que muitos estudiosos pensavam equivocadamente que os textos da B’rit Chadashá foram firmados em grego, quando, em verdade, os originais foram escritos em aramaico e posteriormente traduzidos para o grego: “Minhas próprias pesquisas levaram-me a considerar a posição de Torrey válida e convincente de que os Evangelhos como um todo foram traduzidos do aramaico para o grego.” (The Aramaic Origin of the Four Gospels; KTAV; 1979). Acerca da língua mais falada na Palestina no primeiro século, as próprias Escrituras fornecem importante dica: “E tornou-se isto conhecido de todos os habitantes de Yerushalayim [Jerusalém]; de maneira que esse campo se chama, na língua da terra, CHAKAL D’MA, que é interpretado como ‘Campo de Sangue’.” (Maassei Sh’lichim/Atos 1:19). De acordo com o versículo citado, a expressão “Campo de Sangue” é chamada, na língua da terra, de Chakal D’ma. Pois bem, qual é a língua que possui os vocábulos Chakal D’ma? O aramaico. Logo, aprende-se com as próprias Escrituras que a língua mais falada em Israel, no primeiro século, era o aramaico. Isto não significa que o hebraico não fosse usado, pois, como já dito, tal língua também era frequente. Apenas ressalta-se que a maioria da população era fluente em aramaico. O estudo acerca das línguas originais da B’rit Chadashá (“Novo Testamento”) é extenso e demandaria abordagem mais profícua. Não obstante, foram citados alguns pesquisadores com o intuito de demonstrar que os textos escritos pelos discípulos de Yeshua foram veiculados em hebraico e em aramaico. Consequentemente, deve-se dar muito crédito aos Manuscritos produzidos em tais idiomas. Neste trabalho, demonstrar-se-á que Yeshua é YHWH, consoante os escritos em aramaico da Peshitta, documento importantíssimo que recebeu o seguinte testemunho do patriarca da Igreja do Oriente Mar Eshai Shimun: “... com referência à originalidade do texto da Peshitta... desejamos declarar que a Igreja do Oriente recebeu as Escrituras das mãos dos próprios benditos apóstolos no aramaico original, a língua falada pelo próprio nosso Senhor Yeshua o Messias...” (Holy Bible from the Ancient Eastern Text,Geurge M. Lamsa)

Sabendo-se que a Igreja do Oriente conservou por dois mil anos os textos da B’rit Chadashá (“Novo Testamento”) em aramaico, torna-se de clareza solar a relevância da Peshitta. Ademais, as Escrituras em grego que abalizam as modernas traduções, inclusive em língua portuguesa, datam de aproximadamente 350 d.e.c. Neste trabalho, utilizaremos Escrituras em aramaico que foram escritas por volta de 164 d.e.c , ou seja, muito antes dos textos gregos e sem qualquer influência do Concílio de Niceia (325 d.e.c).







Blog

13/07/2015 14:45

O perfil dos apóstolos

Veremos a seguir uma síntese da vida dos dozes discipulos de Yeshua, contendo, suas cidades, localidades de origens, profissão que exerciam antes de serem    escolhidos por Yehushua, pontos de suas personalidades, alguns fatos de seus ministérios e, como se deu a morte de cada um. A...

—————

13/07/2015 00:00

SINAL VERMELHO : PERIGO

Em breve estarei tratando de um assunto , de suma importância  .Algo que está ocorrendo no meio evangelico pentecostal , pastores e pregadores que tem usado crianças para divulgarem sua denominação  , ou ministerio pessoal .Praticando exploração infantil , ou, Pedofilia Espiritual ,usando...

—————



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!